É HORA DE PARAR POR AQUI.

junho 5, 2011 § Deixe um comentário

Caros leitores deste blog.

 

Apesar do pouco tempo em que publico minhas opiniões e replico notícias e opiniões diversar por aqui, chegou a hora de encerrar as postagens deste blog. Isso não quer dizer que encerro minha colaboração à blogosfera. Na realidade inicio um novo espaço de divulgação das minhas idéias, agora, um blog declaradamente autoral. Para quem se interessar basta clicar http://josepsantos13.wordpress.com

Aguardo a visita de todos por lá.

BRASÍLIA 28 DE MAIO DE 2011.

maio 28, 2011 § Deixe um comentário

Enquanto a #DitaduraPaulista proíbe manifestações populares nas ruas da capital São Paulo, em Brasília, o que resta da oposição política partidária se reúne.

Charge do cartunista Bessinha.

KIT ESCOLA SEM HOMOFOBIA – VÍDEOS.

maio 23, 2011 § Deixe um comentário

Em mais uma excelente iniciativa, o MEC – Ministério da Educação – sob regência do Ministro Fernando Haddad, produziu o Kit “Escola sem Homofobia”. A idéia é distribuir esse material nas escolas de ensino médio por todo o Brasil. Os Kits contêm uma cartilha com orientação para os professores e três vídeos Infelizmente, devido a polêmica criada por parte conservadora da sociedade brasileira, o MEC adiou a entrega dos Kits nas escolas, espera-se agora que os materiais cheguem as escolas no segundo semestre. Por sorte, os vídeos estão disponíveis na  rede, e agora aqui no #Transforma também. Vamos todos reforçar a corrente pelo fim da homofobia na sociedade brasileira, e para isso o melhor é começar nas escolas.

É 64 E ESQUECERAM DE ME AVISAR.

maio 23, 2011 § Deixe um comentário

O excelente Portal Teia Livre publicou hoje excelente artigo sobre o retrocesso que o debate político no Brasil sofre desde o as eleições gerais de 2010, aliado a instituição de um Estado Policialesco em São Paulo que vemos percebendo desde a gestão José Serra (2007 – 2010) à frente do Palácio dos Bandeirantes. O artigo é assinado por Binah Ire.

O crescimento dos ideais reacionários tem me assustado nos últimos tempos. Em todo o mundo, ao mesmo tempo em que levantes de populações cansadas da máxima capitalista se proliferam, proliferam-se também as manifestações públicas de ódio e intolerância, além da repressão do Estado camuflada na “defesa da democracia”.
A marcha da maconha em São Paulo deixou claro de onde vem o “Estado policialesco”, das mesmas hostes “pró-vida” que fizeram das eleições presidenciais brasileiras um retorno à Idade Média, pautada por ideais religiosos e paixões pessoais, ao invés de ter como base projetos e propostas de políticas públicas eficientes em todas as áreas.

Os neonazistas, semanas atrás no MASP, puderam manifestar seu odioso pensamento, difamaram pessoas, pregaram seu ódio e lá estava a polícia garantindo a liberdade de expressão dos tais. Ótimo. Quando então colocamos em pauta a legalização da maconha, amplamente defendida por inúmeros especialistas tanto em sociologia como em geopolítica (sugiro assistir ao vídeo“the union” a respeito da história da criminalização da maconha nos EUA), a mordaça da “justiça” ancora o abuso de autoridade e a violência da PM paulista. Vindo de um juiz acostumado a descer o cacete em quem bem entende e como bem acusa, não surpreende. ( Confira a idoneidade do sujeito ).

Sob a cínica acusação de que a marcha faria “apologia ao uso” de maconha, ou, melhor ainda, “uso coletivo indiscriminado”, o juíz Teodomiro Cerilo Mendez Fernandez nos faz lembrar dos saudosos, para Bolsonaro, anos de chumbo. Aliás, as imagens registradas na marcha paulista deixa clara qual era ali a função da PM de Alckmin: dar porrada em jovens e jornalistas, sem mais nem porquê.

O pior de tudo foi a PM acordar com os manifestantes os termos para realização da “marcha pela liberdade de expressão” (já que nosso amigo juiz de direito não sabe o que significa livre manifestação de pensamento), e depois, sem mais nem menos, largar sobre cidadãos bombas de gás lacrimogênio, spray pimenta, rasteiras, cacetadas, porradas e até atropelamento de moto (tô mentindo?).

Mais grave ainda, a PM acredita que seu comportamento doente é normal,“dentro de parâmetros”, seja lá o que isso signifique para aqueles que tem o dever de proteger e garantir a segurança dos cidadãos. Tal comportamento remonta à negligência do estado brasileiro com a tortura e as práticas desumanas da ditadura, desde que a vergonhosa anistia ampla geral e irrestrita perdoou e libertou torturadores e ratificou as práticas a la Capitão Nascimento. É normal espancar jovens que manifestam um pensamento, por menos que se concorde com ele?

Deixo claro, sou a favor da legalização da maconha. Seus efeitos nocivos, tão falados, na verdade não passam de pura especulação. A droga chega a ser menos prejudicial que o cigarro e o álcool, e mesmo assim continuamos mergulhados na hipocrisia imposta por nada mais que interesses econômicos e de controle social. Sob controle do Estado, tributada e regulada, além de poder ser utilizada em inúmeras aplicações que podem ser conferidas no documentário que sugeri, a cannabis deixará de ser “porta de entrada” às drogas, porque simplesmente sairá das mãos dos traficantes e passará ao controle do estado, assim como ocorre com o tabaco.

Minha preocupação, repito, é com essa onda crescente de auto-intitulados “defensores da vida”, ou da moral, ou da ética, gente que faz do julgamento sem análise, do ódio e do óbvio ressentimento os seus argumentos, defendendo a SUA democracia, a SUA liberdade e a SUA verdade ao invés de se prestar a uma análise coletiva das manifestações da sociedade civil.

Dia 28 de maio acontecerá a edição de Florianópolis da marcha da maconha, aguardo ansiosa. Qual será a reação da justiça e da polícia? Haverá proibição do ato e/ou violência policial? Pelo que bem conheço da política Catarinense para manifestações públicas, o quadro não é muito promissor. Basta esperar pra ver.

DEPUTADO FEDERAL RICARDO BERZOINI DEBATE REFORMA POLÍTICA NO VALE DO PARAÍBA.

maio 11, 2011 § Deixe um comentário

ENCONTRO MUNICIPAL PT GUARATINGUETÁ.

maio 5, 2011 § Deixe um comentário

SINDICATO DOS METALÚRGICOS DE TAUBATÉ CONVIDA PARA SEU 1º DE MAIO.

abril 29, 2011 § Deixe um comentário